Juiz da Lava Jato no Rio oferece 46 blindados para segurança do estado

Divulgação



Em meio à escalada de violência no Rio, o juiz Marcelo Bretas, responsável pelos desdobramentos da Operação Lava Jato no estado, disponibilizou para a Secretaria de Estado de Segurança 46 veículos blindados que estão atualmente bloqueados na Justiça federal. Os carros são da Trans-Expert, empresa de vigilância e transporte investigada, por contratos firmados na gestão do ex-governador Sérgio Cabral.
Os blindados estão em três endereços, sendo que a maior parte está em Santo Cristo, na zona portuária do Rio. São 30 blindados no endereço. Há ainda outros em outras cidades fluminenses, sendo 10 em Volta Redonda e 6 em Cabo Frio.“Poderá a secretaria, caso haja interesse, vistoriar e informar a este Juízo, com a maior brevidade possível, quais pretende utilizar, identificando-os”, diz Bretas no despacho com data de hoje.
A oferta do magistrado ocorre após um contingente de 8,5 mil militares ter sido enviado para o Rio para reforçar a segurança. O deslocamento das tropas, em ação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), foi autorizado por decreto do presidente Michel Temer no final do mês passado.
“Poderá a secretaria, caso haja interesse, vistoriar e informar a este Juízo, com a maior brevidade possível, quais pretende utilizar, identificando-os”, diz Bretas no despacho com data de hoje.
A oferta do magistrado ocorre após um contingente de 8,5 mil militares ter sido enviado para o Rio para reforçar a segurança. O deslocamento das tropas, em ação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), foi autorizado por decreto do presidente Michel Temer no final do mês passado.