No RS, prefeito telefona para médico ausente em posto de saúde e vídeo viraliza

"Você poderia me dizer qual é o motivo da sua ausência aqui na UBS [Unidade Básica de Saúde]? É o seu dia de plantão. Tem 16 pacientes na sua agenda e o senhor não está aqui atendendo", questiona Daniel Guerra (PRB), novo prefeito de Caxias do Sul, cidade da serra gaúcha.
Prefeito Daniel Guerra liga para médico ausente durante visita a UBS de Caxias do Sul, no RS
A ligação foi feita dentro de uma UBS, na última quinta-feira (2), para um médico, funcionário público, que não estava no trabalho. O momento foi filmado e publicado na página da prefeitura no Facebook. Em menos de 24 horas, o vídeo teve mais de 123 mil visualizações, 4.879 compartilhamentos e 1.100 comentários, a maioria de apoio ao prefeito.

"Seu salário está em dia. Então, que cumpra seu papel de servidor. Gostaria que o senhor ponderasse, em respeito à população", disse o prefeito ao médico, antes de desligar o telefone.

"Não sou político, sou gestor. Como tal fui 'contratado' pela população. Cumprir carga horária e bater o seu ponto é algo normal para todos os trabalhadores", disse Guerra.

O prefeito se disse surpreso com a postura dos médicos porque nenhum deles é obrigado a trabalhar no setor público e atender pelo SUS. "É uma opção. A pessoa se inscreve no concurso. Pressupõe-se que ela lê o edital e por isso sabe a carga horária e o valor da remuneração", afirmou o prefeito.

"É uma opção. A pessoa se inscreve no concurso. Pressupõe-se que ela lê o edital e por isso sabe a carga horária e o valor da remuneração", afirmou o prefeito.

RECOMENDADAS PARA VOCÊ

loading...