Idosa é agredida em Terminal de ônibus acusada de ter furado fila; vídeo

No início da manhã desta última sexta-feira (17), as cenas de agressão a uma idosa chocaram quem esperava para embarcar em um ônibus no Terminal de Mussurunga, região central de Salvador. O caso aconteceu depois de uma confusão durante o embarque ao ônibus. Vários passageiros tumultuaram a entrada no veículo e os agentes que faziam a segurança no momento tiveramque intervir para acalmar a situação.A confusão aconteceu durante o embarque de ônibus em Salvador.

Durante o ocorrido, uma senhora de idade estava sendo acusada de ter furado fila, e iniciado a desordem. No momento da abordagem totalmente inapropriada os dois seguranças, dentre eles, uma mulher, deram uma gravata na vítima que começou a gritar. O ato desproporcional foi condenado por muitos dos passageiros que estavam no local, e filmado por um deles que publicou nas redes sociais salientando sua revolta pelo acontecido.
Os funcionários da concessionária que faz a administração da segurança do terminal relataram que estavam tentando somente apaziguar o desentendimento gerado durante o embarque. A mulher aparece nas imagens feitas, alegando que não estava furando fila, e que não seria a responsável pelo tumulto. As cenas mostram que a idosa, que vestia saia azul e blusa escura, tentando subir no veículo e sendo impedida, por meio de violência pelos guardas. Assista às cenas tristes no vídeo a seguir:
De acordo com a empresa que administra a segurança tudo não passou de um desentendido, no entanto, optou por repreender seus dois funcionários pela medida não adequada para a situação. Os guardas foram afastados dos cargos que ocupam e uma sindicância foi aberta para apurar o caso. Nesse sentido, as filmagens feitas pelo cinegrafista amador, ajudarão a entender melhor o que aconteceu.
Nas redes sociais muitos internautas se manifestaram repudiando a situação. Para alguns a ação colocou a senhora em uma posição vexatória desnecessária. Nenhum registro foi feito pela #Polícia militar. A senhora foi ajudada posteriormente por outras pessoas e conseguiu embarcar no transporte público. #Crime