Botafogo não quer jogar clássico caso efetivo da Polícia Militar não aumente

Resultado de imagem para botafogo nao quer jogar caso efetivo nao aumenteA cerca de duas horas do horário marcado para o clássico entre Botafogo e Flamengo no Campeonato Carioca, o clube alvinegro, mandante no Estádio Nilton Santos, alegou que o número de policiais militares na área externa para o evento não seria o suficiente. A direção, inclusive, afirmou que, caso não houvesse um aumento do efetivo da PM seria contra a realização da partida. Mas embora o clima tenha ficado tenso nos arredores do estádio - com confronto de torcidas organizadas, barulhos de tiros e bombas - o jogo foi confirmado.
- A Ferj diz que segurança é adequada, e vai ter jogo. Então vamos jogar - afirmou o vice-presidente executivo do Botafogo, Luís Fernando Santos. Antes, Luís Fernando Santos falou sobre a situação encontrada no entorno do estádio.
- Quando cheguei, fui informado de que não existia policiamento na área externa do estádio. Tem policiamento da Policia Civil, mas da PM não tinha ninguém fora.
Na sexta-feira, o major Silvio Luiz, do Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe), afirmou que o efetivo seria o de 160 policiais no total - soma dos oficiais que fazem a escolta das torcidas e dos que realizam o monitoramento do lado de dentro do estádio.
Ainda de acordo com o major, não houve qualquer solicitação ao Gepe em relação a aumento de efetivo policial dentro do Nilton Santos para o clássico:
- Não tenho conhecimento desse pedido. Pode ser que a solicitação tenha sido feita para o policiamento da área externa do estádio, que não diz respeito ao Gepe - explicou Silvio Luiz.
Diretor de competições da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj), Marcelo Vianna mostrou-se confiante quanto à realização do clássico:
- O Gepe garantiu durante a semana a segurança para a realização do clássico. Temos 70 homens do Gepe dentro do estádio, cerca de 50 policiais militares no entorno, 14 viaturas e mais 120 homens da guarda municipal. Ainda são esperados mais 80 guardas municipais, totalizando 200. Não podemos cancelar a partida na base do achismo. Tem que haver um documento oficial do Gepe - disse.

RECOMENDADAS PARA VOCÊ

loading...