Alunas 'taram' professor na internet, dizem que vão estuprá-lo e tudo acaba mal

Diversas alunas protagonizaram uma polêmica no Facebook. As garotas começaram a comentar a foto de um professor. A imagem não seria de um docente brasileiro, mas mostra o outro lado do assédio sexual e como o machismo também existe entre as mulheres. A foto mostra um homem dando aula de matemática e usando roupas bem apertadas, que evidenciam o seu corpo musculoso. As garotas então começam a falar sobre o bumbum do professor, dizendo que dá até vontade de apertar.Homem bonito é objetificado - Google
Uma em especial, que não revelaremos o nome, chega a dizer que quer "estuprar" o homem. Outras pessoas, que aparentemente, não tinham ligação com a garota que fez o comentário do estupro, lembraram que as mulheres lutam há anos para não sofrerem esse tipo de assédio e que, portanto, elas não deveriam fazer o mesmo com o professor, apenas por ele estar usando uma roupa apertada.
"Se fosse uma professora já iam falar mil coisas... mas homem pode né?", disse outra jovem questionando o padrão da roupa apertada do professor, que evidencia as coxas do docente. Uma das meninas chega a dizer que não conseguiria prestar a atenção na aula, mas sim apenas no objeto sexual que aquele docente se mostrava. É muito comum alunos se sentirem atraídos pelos professores. Comentários preconceituosos, como os mostrados pelas meninas, sempre fizeram parte da hora do intervalo. No entanto, com o advento da internet, muita gente perde a noção e esquece que o que fala pode ser visto por todo o mundo, mesmo que sua rede social seja voltada apenas para amigos.
Foi o caso dessa postagem. Em uma página no Facebook, os comentários das garotas alcançaram centenas de compartilhamentos e tudo acabou mal. As garotas foram xingadas e chamadas de tudo quanto é nome. Alguns dos xingamentos foram feitos por outras mulheres, que acharam as estudantes muito "vulgares" ao comentarem uma simples foto.
O fato pode ser considerado assédio sexual. No entanto, para isso, o professor precisaria dizer que ficou constrangido com os comentários. E você, o que achou das mensagens das meninas? Comente! #Crime