Filho de Jair Bolsonaro presencia assalto dentro do Túnel Rebouças: ‘Atiraram no meu táxi’, conta vereador

Filho de Jair Bolsonaro presencia assalto dentro do Túnel Rebouças: ‘Atiraram no meu táxi’, conta vereador 


Motoristas ficaram em pânico
Motoristas ficaram em pânico Foto: Reprodução de vídeo

Filho do deputado federal Jair Bolsonaro (PP), o vereador Carlos Bolsonaro (PP) viveu momentos de pânico na noite desta sexta-feira. Enquanto passava pelo Túnel Rebouças, que liga a Zona Norte e a Zona Sul do Rio, o político presenciou uma tentativa de assalto que terminou em tiroteio. Segundo ele, os criminosos chegaram a atirar contra o táxi em que ele estava.
— O meu táxi estava bem na frente de tudo e arrancou, aí atiraram. Foram uns três disparos. Não sei como nenhum deles atingiu o carro — contou Carlos ao EXTRA.
Assustados com a ação, que teve início por volta das 22h, motoristas que estavam no local abandonaram os veículos ou tentaram voltar na contramão. O empresário Gustavo Mattos, de 33 anos, que estava na carona de um carro, gravou a movimentação no túnel e enviou para o WhatsApp do EXTRA (21 99644-1263).
— Todo mundo começou a correr. Tinha crianças no colo, idosos. Quando o nervosismo começou a bater, eu também saí do carro e corri. As pessoas gritavam que era arrastão, que tinha várias pessoas roubando — relatou Gustavo.
Ainda de acordo com Carlos Bolsonaro, a situação começou quando uma moto com dois ocupantes armados iniciou uma perseguição a outra motocicleta. Pouco depois, uma terceira moto, também com homens armados, aproximou-se e deu início ao assalto, levando a motocicleta e abordando motoristas. Ao sair do túnel, o vereador avisou sobre o ocorrido em uma guarita da Polícia Militar.
— Todos os quatro estavam de capacete, então é difícil reconhecer. Mas pelo menos um, pelo corpo franzino, parecia menor de idade — disse Carlos.
A sala de polícia do Hospital municipal Miguel Couto, na Gávea, informou que um homem baleado no braço deu entrada na unidade após o tiroteio. Ainda não há informações sobre a identidade da vítima ou seu estado de saúde.
O vereador Carlos Bolsonaro
O vereador Carlos Bolsonaro Foto: Divulgação