Polícia impede festa de carnaval que seriam de traficantes na Vila Aliança

Rio - Policiais do 14º BPM (Bangu) acabaram com festa de Carnaval que seria organizada pelo tráfico de drogas na Vila Aliança, em Senador Camará, Zona Oeste do Rio, ontem, informou o coronel Marcos Amaral, comandante da unidade. Os militares receberam a denúncia de que o evento não tinha autorização para acontecer, foram até o local e pediram para desmontar o som. O equipamento foi recolhido e ninguém foi preso na ação. A área é dominada por criminosos da facção Terceiro Comando Puro (TCP).
"A região vai ficar ocupada para impedir o evento ou qualquer outra festa que não esteja legalmente autorizada. Hoje (ontem), recebemos a informação de que era uma festa organizada por traficantes de drogas", afirmou o coronel, ressaltado que, para acontecer a festa, é preciso ter autorização da Prefeitura, dos Bombeiros e da própria Polícia Militar.
Já o Morro da Serrinha, em Madureira, está ocupado por policiais do 9º BPM (Rocha Miranda) desde sábado. Segundo o comandante da unidade, coronel Roberto Garcia, após receber a informação de que banheiros químicos e grande quantidade de bebidas estariam disponíveis para uma festança de Carnaval do tráfico de drogas, um veículo blindado e agentes do Grupamento de Ações Táticas (GAT) foram deslocados para o morro de Madureira.
Ainda de acordo com o oficial, dados levantados pelo Setor de Inteligência do batalhão revelam que a festa iria acontecer num bar que é do chefe da venda de drogas na região, Walace de Brito Trindade, o Lacoste, também ligado à facção TCP. "O policiamento vai seguir reforçado por tempo indeterminado", decretou Garcia.

RECOMENDADAS PARA VOCÊ

loading...